Carregando
  • HOME
  • BLOG
  • Museu do Trem estará na Semana Nacional de Museus

Onde ir

O Espaço Cultural Estação Férrea Várzea Grande, também conhecido como Museu do Trem, foi um dos convidados para participar da 17ª Semana Nacional de Museus, ação anual coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), que acontece todo ano em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio).

A assessora de gestão de projetos culturais da Secretaria da Cultura, Natashe Bordin, informou que o convite se deu através de um ofício enviado pelo IBRAM. No documento foi apresentado o tema escolhido, definido pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), e as instruções de inscrição.

“Todas as instituições museológicas e de cultura do País são convidadas a participar da Semana. De acordo com o IBRAM, é uma oportunidade para fortalecer o sistema museal brasileiro, além de aumentar a visitação e visibilidade das instituições integrantes da ação”, explicou.

A participação do Espaço Cultural Estação Férrea Várzea Grande será através de uma diversificada programação que será oferecida para a comunidade escolar e público em geral. “Participar desta temporada cultural promovida pelo IBRAM é de suma importância no sentido de oferecer ao público uma semana especial, com atividades de diversos segmentos artísticos, fazendo do museu um equipamento cultural que proporcione conhecimento, reflexão e integração social”, ressaltou Natashe.



MUSEU DO TREM

O museu tem como objetivo promover através de exposições permanentes e itinerantes a reconstrução histórica do Bairro Várzea Grande, representada através de objetos, documentos primários e fotografias. Disponibiliza para a comunidade e visitantes um ambiente que reconstrói os primeiros passos do turismo em Gramado.

No local também pode ser apreciada uma ampla documentação sobre a malha ferroviária sul-riograndense e um acervo fotográfico coletado com a colaboração da comunidade. O espaço está aberto de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 11h30 e das 14h às 17h30, na Rua Oscar Wille, 165, no Bairro Várzea Grande.



Texto: Bruna Campos

Foto: Carlos Borges